Marcapasso para síncope vaso-vagal?

 O estudo ISSUE 3 avaliou o uso de marcapasso dupla câmara me pacientes com síncope vasovagal na forma cardioinibitória (assistolia documentada > 6 seg ou > 3 segundos com síncope).

O ISSUE 3 foi um estudo multicêntrico, randomizado, placebo controlado; 77 pacientes com mais de 40 anos foram randomizados para receber marcapasso no modo ativo ou no modo back-up.

Em 2 anos, 57% dos pacientes com marcapasso desligado apresentaram síncope, comparado com 25% daqueles com marcapasso ativo (redução de risco relativo de 57%).

O estudo sugere, assim, que o tratamento com marcapasso é efetivo em reduzir recorrência de síncope neuromediada associada à assistolia importante (em indivíduos acima de 40 anos).

Referência:

1. Brignole M et al. Circulation 2012; 125:2566-2571.

 

 Marcapasso para síncope vaso vagal?

Sobre Fernando Figuinha

Escreveu 176 artigos neste blog.

pixel Marcapasso para síncope vaso vagal?

Deixe uma resposta