Arquivo da tag: ecg

Como diagnosticar sobrecarga de átrio direito pela derivação V1?

Dica: se fase positiva da onda P em V1 for > ou = 1,5 mm – dá-se o diagnóstico de sobrecarga de átrio direito (SAD). Segue exemplo abaixo:

ebstein2 Como diagnosticar sobrecarga de átrio direito pela derivação V1?

Trata-se de ecg de paciente com Anomalia de Ebstein, doença na qual normalmente há SAD pronunciada.

Quais as alterações que a hipotermia pode causar no eletrocardiograma?

A hipotermia pode causar uma série de alterações no ecg. Entre elas, as principais são:

1- ondas J ou O (de "Osborn")

2- Bradicardia

3- Aumento do Qt

O que são as ondas J? Trata-se de um entalhe no final do QRS que pode causar um alongamento do mesmo. 

Ondas J = hipotermia? Não!!!! Outras patologias podem causá-las como a hipercalcemia e mesmo variações de repolarização precoce. 

Um ótimo exemplo de ondas J pode ser visto no ecg abaixo.

hipotermia Quais as alterações que a hipotermia pode causar no eletrocardiograma?Nota-se também bradicardia (frequência cardíaca ao redor de 50 bpm).

O ecg seguinte, já com a temperatura mais elevada, mostra elevação da FC e desaparecimento das ondas J.

hipotermia depois daiane colman Quais as alterações que a hipotermia pode causar no eletrocardiograma?

Imagens gentilmente cedidas pela Dra Daiane Colman Cassaro.

Desafio de ECG

Paciente de 46 anos procura o pronto socorro com queixa de palpitações há 1 hora.

ECG de entrada:

TRN1sn1 Desafio de ECG

Após administração de 6mg de adenosina EV em bolus, repetido o ECG do paciente:

TRN2sn1 Desafio de ECGQual é a arritmia apresentada por esse paciente?

Sabendo que o paciente em questão apresentava ECG normal em avaliação prévia, o que há de diferente no ECG pós adenosina, e o que justifica essa alteração?

(resposta em 07/07/14)