Arritmia Emergências

Ablação por Catéter x Ajuste Terapêutico – O que é melhor em pacientes portadores de CDI com TV?

Em pronto-socorros cardiológicos é relativamente comum o atendimento de pacientes portadores de cardiodesfibrilador implantável (CDI) com taquicardias ventriculares (TV). Nesse grupo seleto de pacientes a terapia ideal é incerta. A depender do local, tem-se usado como opção o aumento da dose de anti-arrítmicos, assim como a indicação de ablação por cateter. Baseado nisso, estudo recente (Vanish trial), randomizado, controlado e multicêntrico avaliou qual a melhor estratégia a ser adotada, comparando como desfecho primário eventos combinados (morte ou tempestade elétrica ou choque apropriado de CDI nos 30 primeiros dias de tratamento). Um total de 259 pacientes foram divididos entre ajuste da dose de amiodarona x ablação por cateter.

Como resultado, observou-se diferença significativa nos desfechos primários entre os grupos amiodarona x ablação (68,5% x 59,1%, p = 0,04). Não houve diferença quanto à mortalidade ou ocorrência de TV em geral. No entanto, a incidência de TV lenta foi maior em pacientes em tratamento clínico.

O estudo não teve poder suficiente para avaliar o efeito em mortalidade dos dois tratamentos. No entanto, claramente mostra que o ajuste terapêutico não seria uma mal opção em pacientes não otimizados. Além disso, talvez justamente aqueles pacientes em TV lenta e mais bem tolerada sejam os com melhor indicação de ablação por cateter na internação.

Referência: Saap JL, et al. NEJM.2016;375(2).

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Alexandre Soeiro

Alexandre Soeiro

Alexandre de Matos Soeiro

Médico Assistente e Supervisor da Unidade Clínica de Emergência - InCor (HCFMUSP).
Coordenador do Curso Nacional em Emergências Cardiológicas •
Coordenador da Liga de Emergências Cardiovasculares do InCor - HCFMUSP. •
Professor Convidado de Graduação do Terceiro, Quarto e Sexto Anos da FMUSP.
Médico Preceptor em Cardiologia - InCor - HCFMUSP - 2011.
Especialista em Cardiologia pela SBC.
Residência Médica em Cardiologia -InCor - HCFMUSP.
Especialista em Clínica Médica pela SBCM.
Residência em Clínica Médica - HCFMUSP.
Graduação em Medicina pela FMUSP.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: