Arritmia

Ainda há espaço para o Tilt test?

O Tilt test, ou teste de inclinação, é um teste muito utilizado para investigação de síncope, em especial naqueles com suspeita de síncope vaso-vagal.

Esse exame vem sendo muito questionado recentemente devido às taxas muito variáveis de sensibilidade e especificidade em diversos estudos, o que fez com que a diretriz americana de síncope publicada em 2006 não apresentasse indicação desse teste na investigação de síncope.

Na verdade, a questão é saber indicar o exame para o paciente certo, e não para qualquer paciente com algum episódio de síncope.

Segundo a diretriz europeia de síncope, publicada em 2009, o Tilt-test tem indicação classe I nas seguintes situações:

– Pacientes jovens, sem doença cardíaca evidente ou suspeita, com síncopes recorrentes de origem inexplicada, nos quais a história não é suficientemente típica para diagnóstico de síncope neuromediada.

– Episódio único de síncope inexplicada, ocorrida em situação de alto risco de trauma físico ou com implicações ocupacionais; ou em casos de síncope recorrente na ausência de cardiopatia, ou ainda, sem em paciente portador de cardiopatia, forem excluídas as causas cardíacas de síncope.

– Em casos em que a demonstração da susceptibilidade à síncope neuromediada tiver relevância clínica.

Além disso, pode ter um papel também no diagnóstico diferencial entre síncope reflexa e hipotensão ortostática, na diferenciação de síncope convulsiva e epilepsia, na avaliação de pacientes com síncopes recorrentes e doenças psiquiátricas, para avaliação de pacientes com quedas recorrentes inexplicadas e na abordagem de pacientes com pré-síncopes ou tonturas recorrentes.

Assim, o importante é saber quando indicar o Tilt-test, e não solicitá-lo de forma indiscriminada. Há sim, portanto, espaço para o Tilt-test.

Referência: Macedo PG, Leite LR, Santos-Neto L, Hachul D. Teste de Inclinação (Tilt-test) – do necessário ao imprescindível. Arq Bras Cardiol 2011;96(3):246-254.

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: