Arritmia

Atividade física em pacientes com fibrilação atrial crônica

 

A fibrilação atrial (FA) é a arritmia mais comum após a sexta década de vida, podendo ocorrer em pacientes com cardiopatia ou com coração estruturalmente normal.

Como manejar clinicamente esses pacientes com FA crônica permanente para permitir a realização de exercícios físicos recreativos?

Uma vez definido a opção de controle de freqüência cardíaca, devemos otimizar a terapêutica para atingir o controle adequado.

Mas como definir o controle adequado? Sabemos que o ECG de repouso isolado é, geralmente, insuficiente para essa avaliação. Utiliza-se, então, outros métodos, como o teste ergométrico, o teste de caminhada de 6 minutos ou o holter.

Não há uma definição de controle padrão. O estudo AFFIRM considerou adequado se FC de repouso < ou = a 80 bpm, que não ultrapassasse 110 bpm no teste de caminhada de 6 min ou com FC média de 24hs < 100 bpm no Holter, sem que nenhuma FC fosse maior que 110% da FC máxima para a idade. O estudo RACE utilizou apenas o critério de FC de repouso < ou = a 100 bpm. E o estudo HOT CAFÉ, uma FC de 70 a 90 bpm no repouso, sem exceder 140 bpm no esforço moderado.

O teste ergométrico pode ser realizado nesses pacientes para avaliação do comportamento e grau de controle de freqüência ventricular ao esforço. Lembrando que se for solicitar para avaliação de isquemia, devemos sempre associar a um método de imagem (ex.: cintilografia).

Costuma-se considerar que um paciente com FA está bem controlado quanto mais seu comportamento cronotrópico se aproximar daquele esperado para um paciente sem FA. Caso a freqüência máxima atingida no teste ergométrico passar 110% da FC máxima prevista, deve-se considerar ajuste na terapia farmacológica.    

A realização de atividade física competitiva nesses pacientes será comentado em um próximo post.

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: