Sem categoria

Bloqueio Duplo do Sistema Renina Angiotensina não Deve Ser Recomendado na População Vasculopata de Alto Risco Renal

ABC News Photo Illustration

ABC News Photo Illustration

Acreditava-se que  inibição agressiva do sistema renina angiotensina aldosterona  em 2 sítios utilizando-se um inibidor da ECA e um BRA  ( bloqueador do receptor de angiotensina) poderia, teoricamente, trazer benefícios adicionais a pacientes com alto risco cardiovascular e comprometimento da função renal. Porém uma recente publicação da Circulation  2011 avaliou os resultados da monoterapia ( IECA X BRA) comparado com a associação dos dois medicamentos em pacientes vasculopatas renal ( portadores de doença arterial coronária; Vasculopatia arterial periférica; AVC ou AIT prévios; DM com lesão de órgão – alvo) e  com alto risco Renal  ( redução na Taxa de fltração glomerular e /ou  albuminúria). A análise Post Hoc levou em consideração os resultados do ONTARGET Trial ( monoterapia  X bloqueio duplo com Ramipril e Telmisartan) e do TRANSCEND Trial ( somente monoterapia com Telmisartan  em pacientes intolerantes a IECA x placebo) no subgrupo de pacientes com doença renal ( redução na Taxa de fltração glomerular e /ou  albuminúria).

            No ONTARGET ( n: 23.422) foi testado as doses de Telmisartan 80mg/dia  e ramipril 10mg/dia e a combinação destes medicamentos. Já o TRANSCEND (n:5.398) utilizou a dose de Telmisartan 80mg/dia x placebo.

            No subgrupo pertencentes ONTARGET, não houve benefícios no desfecho cardiovasculares primários ( morte cardiovascular, IAM, AVC, hospitalização por IC) entre o  bloqueio duplo em relação a monoterapia mesmo em pacientes em pacientes com macroalbuminúria  e / ou redução na Taxa de Filtração glomerular, além de evidenciar piora em até 21% dos desfechos renais ( necessidade de Diálise Crônica e duplicação da creatinina) em comparação a monoterapia.

             No grupo procedente do  estudo  TRANSCEND, que comparou a monoterapia com Telmisartan com o placebo, não houve benefício nos desfechos cardiovasculares ( os mesmos citados a cima)  naqueles pacientes que usaram  BRA. Os dados mostram que o Telmisartan isoladamente piorou a função renal e aumentou a incidência de necessidade de Diálise  naqueles pacientes de alto risco renal porém sem microalbuminúria ( aumento de 135% nos desfechos renais). Porém nos pacientes com  microabuminúria  ou macroalbuminúria, revelou tendência de diminuição dos desfechos renais              em 40% e 29% respectivamente.

            Ressalto que os dados são referentes a riscos cardiovasculares em pacientes com doença vascular nos sentido amplo ( ver critérios de inclusão acima) e em grupos específicos como  em pacientes com IC crônica refratários a medicações usuais ( IECA, B-BLOQ. Inibidores da aldosterona)  e em nefropatias com  albuminúrias importantes ( > 1g/dia) a despeito de doses máximas de IECA ou BRA ,  o duplo bloqueio pode trazer benefícios.

 Após os dados acima, acreditamos que a terapia de bloqueio Duplo do sistema Renina- Angiotensina – Aldosterona em pacientes vasculopatas com reduzida TFG e albuminúria  não se sustenta, devendo-se optar pelo tratamento com monoterapia ( de preferência IECA).

REFERÊNCIAS:

MedScape.com

Cardiovascular and Renal Outcomes With Telmisartan, Ramipril, or Both in People at High Renal Risk –Circulation 2011;123:1098-1107

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Andre Lima

Andre Lima

Editor do site --
Especialista em Cardiologia pela SBC e InCor/ USP --
Especialista em Ecocardiografia pela SBC e InCor/USP --
Especialista em Terapia Intensiva pela AMIB --

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: