ECG

Curso básico de eletrocardiograma – parte 09 – Intervalo PR

Por último (na avaliação do item onda P), analisaremos o intervalo PR (5º passo), que é medido do início da onda P até o início do QRS.

 

Representa o intervalo entre a despolarização das células do nó sinusal até o início da despolarização do miocárdio ventricular.

O intervalo normal é de 120 a 200ms (3-5mm). É mais curto em crianças e com o aumento da frequência cardíaca.

Se intervalo PR curto, devemos pensar em um ritmo ectópico atrial ou em pré-excitação (ex. Wolff-Parkinson-White). Lembrando que para caracterizar a síndrome de Wolff-Parkinson-White deve haver sintomas, e que o PR curto é somente uma das características dessa síndrome (para WPW manifesto, deve haver também onda delta, QRS alargado e alterações de repolarização).

Eis um exemplo de pré-excitação:

Se intervalo PR longo, devemos pensar em atraso na condução atrioventricular do estímulo. 

PR > 200 ms = BAV de primeiro grau

 

Zoom do mesmo eletro. Notem como a onda P fica colada à onda T devido ao BAV de primeiro grau pronunciado:

 

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

2 comentários

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: