ECG

Desafio De ECG: qual a arritmia mostrada e qual o tratamento inicial?

Pedro Veronese
Escrito por Pedro Veronese

desafio_vero_2

clique na foto

Paciente de 22 anos chega a emergência com queixa de palpitações taquicárdicas há 1 hora. PA 120×80 mmHg e sem sinais de instabilidade.

Resposta: Taquicardia Por Reentrada Nodal (comum)
ECG_desafio_TRN

ECG pós Reversão

ECG com taquicardia (FC 150bpm) de QRS estreito (QRS < 120ms) e RR regular. Há 5 possibilidades diagnósticas:
1. Taquicardia Sinusal: descartada pois não há onda p + em DI, DII e aVF precedendo o QRS.
2. Flutter Atrial: descartado, pois não há ondas F com morfologia de serrilhado de serrote em DII, DIII e aVF.
Sobram as taquicardias paroxísticas supraventriculares (TPSV).
Para diferenciá-las é importante tentar localizar a onda p. Neste traçado se vê a presença de onda p na parede inferior (DII, DIII e aVF) como uma pseudo onda S e em V1 como um R’.
Portanto, estamos no grupo das taquicardias cujo RP é menor que o PR. Há 3 possibilidades:
– Taquicardia Atrial
– Taquicardia Reentrada Nodal (comum)
– TAV ortodrômica da Síndrome de W.P.W.
Como o RP < 70ms (intervalo do início do QRS até o início da onda p), produzindo no ECG de taquicardia uma pseudo onda S na parede inferior e um R’ em V1, temos um típico traçado de taquicardia por reentrada nodal comum, onde o estímulo desce para os ventrículos pela via lenta nodal (via alfa) e sobe para os átrios pela via rápida nodal (via beta).
No ECG após a reversão, nota-se o desaparecimento da pseudo onda S e do R’, confirmando o diagnóstico de TRN comum.
Essa taquicardia pode ser revertida no pronto-socorro com manobra vagal e adenosina. Pode ser tratada com antiarrítmicos ou ablação por radiofrequência.

 

 

Publicidade

Banner Atheneu

Banner Atheneu

Deixe um comentário

Sobre o autor

Pedro Veronese

Pedro Veronese

Médico Especialista em Çlínica Médica pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.
Médico Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC.
Médico Especialista em Arritmia Clínica e Eletrofisiologia pela Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas - SOBRAC.
Médico do Centro de Arritmias Cardíacas do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.
Doutor em Cardiologia pelo InCor - FMUSP.
Preceptor da Residência de Clínica Médica do Hospital Estadual de Sapopemba e Hospital Estadual Vila Alpina.
Médico Chefe de Plantão do Pronto Socorro Central da Santa Casa de São Paulo.
Professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
Professor da Faculdade de Medicina UNINOVE.

2 comentários

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: