Sem categoria

Desafio diagnóstico: qual é a artéria culpada pelo IAM desse ECG?

Foi realizada a cineangiocoronariografia da paciente em questão, que mostrou lesão de 99% em terço distal da a. descendente anterior (DA), sem outras lesões significativas. Apresentava ramo descendente posterior da a. coronária direita pequeno, com uma DA que cruzava o Apex cordis. Por isso o supra-desnivelamento das derivações inferiores no ECG.

Esse desafio foi feito para lembrar que nenhum algoritmo tem 100% de acurácia. O algoritmo apresentado recentemente para IAM inferior consegue nos auxiliar a determinar a maioria das artérias responsáveis pelos respectivos infartos, mas não em 100% dos casos.

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: