Sem categoria

Diagnósticos diferenciais de vegetação – rotura de cordoalha tendínea

Em post prévio vimos algumas dicas para identificar uma vegtetação no ecocardiograma. Como dito neste tópico, várias outras condições podem gerar estruturas filamentares móveis dentro do coração que podem lembrar vegetações. Assim, é importante que o cardiologista clínico e o ecocardiografista estejam familiarizados com tais alterações para, levando em conta o quadro clínico do paciente, fazerem o diagnóstico diferencial entre tais entidades. 

Para começar a série de posts sobre os diagnósticos diferenciais de vegetação no ecocardiograma, citamos uma alteração razoavelmente comum – a presença de rotura de cordoalha tendínea. Tal achado pode ser secundário a prolapso de valva mitral, outras alterações degenerativas, endocardite infecciosa, trauma, etc. Mais comumente a corda rota se insere na cúspide posterior da mitral. Um exemplo pode ser visto no vídeo abaixo, cedido pelo Dr Leonardo Motta.

E como diferenciar esta alteração de uma vegetação? Para isto é fundamental levar em conta o quadro clínico do pcte (presença de febre, estado geral, presença de toxemia, etc). Este achado em um pcte ambulatorial, sem febre, com ecocardiograma prévio mostrando alterações sugestivas de prolapso de valva mitral sugere mais rotura de corda em pcte com valvopatia mitral degenerativa. Já uma imagem similar em pcte com vários picos febris nos últimos dias, toxemiado e com hemoculturas positivas para Staphylococcus aureus indicaria chance maior de se tratar de vegetação. Por este motivo é fundamental que o cardiologista clínico detalhe bem o caso no pedido do ecocardiograma.

Dica: rotura de cordoalha tendínea é diferente de rotura de músculo papilar. Esta última é uma entidade muito mais grave e que classicamente ocorre em casos de IAM com supra de ST inferior não reperfundido. Para uma revisão sobre o assunto, acessem este link.

Rotura de cordoalha tendínea – causas – prolapso de valva mitral, alterações degenerativas, endocardite infecciosa, trauma, etc

Rotura de músculo papilar – causa principal a ser lembrada – IAM com supra inferior

Outros vídeos com rotura de cordoalha:

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: