Coronariopatia

Dicas práticas antes de usar ticagrelor e prasugrel – parte 2

cate prinzmetal

Se ainda não leu a parte 1, acesse este link

Continuando:

3- Fique atento aos critérios de inclusão e exclusão dos trials que avaliaram as medicações.

Como já dissemos no post anterior, o ticagrelor e o prasugrel foram testados pelos trials PLATO e TRITON, respectivamente. Assim, quando formos utilizar estas medicações em nossos pacientes, o ideal é escolhermos um perfil de indivíduos similar ao avaliado nos trials. Isto inclui seguir os critérios de inclusão e exclusão dos estudos, na medida do possível. Exemplos práticos:

– no TRITON a medicação era iniciada apenas após saber a anatomia coronariana do pcte e de ter sido optado por tratamento por angioplastia. Assim sendo, não seria recomendado iniciar o prasugrel na sala de emergência, antes de realizar o cateterismo do pcte. Ou administrar a medicação a pctes que a princípio serão encaminhados para estratégia conservadora. 

– no PLATO um dos critérios de exclusão foi pctes renais crônicos em diálise. Assim, deve-se evitar o uso de ticagrelor nestes pctes. 

Por estes motivos é sempre interessante ler os grandes estudos que solidificaram o uso de uma nova medicação. 

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: