Sem categoria

Discussão de casos – 03

Mulher de 60 anos com antecedente de HAS iniciou há 3 meses com quadro de aumento de volume abdominal. Na investigação detectado ascite de provável etiologia neoplásica. A pcte apresentava massa complexa em ovário na TC de abdome. Capacidade funcional baixa (<4 mets). Negava sintomas cardiovasculares. Solicitado parecer cardiológico pré-operatório – proposta cirúrgica de estadiamento cirúrgico de provável ca de ovário (ainda sem diagnóstico histopatológico).

Ao exame físico – TJ presente a 45 graus, B3, sem sopros. Ascite importante. Paciente moderadamente consumida.

ECG – ritmo sinusal regular, BRE

Rx tórax – aumento leve de área cardíaca, congestão pulmonar.

Laboratório – função renal normal. Na 131. Sem outras alterações relevantes.

Devido aos sinais de icc no exame físico – solicitado eco TT que revelou hiocinesia anterior, FE 47% pelo método de simpson. VE levemente dilatado.

Perguntas

1- a paciente deve ser submetida à cirurgia neste momento?

2- você faria alguma investigação para coronariopatia antes da cirurgia proposta?

3- quais medicações cardiovasculares introduziria antes da cirurgia?

4- Que recomendações devem ser dadas à equipe da cirurgia em relação ao pós-operatório?

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: