Sem categoria

Eco – Estenose aórtica

Dando seguimento à nova sessão de imagens ecocardiográficas de patologias importantes. Veremos à seguir um caso de estenose aórtica. As imagens não estão 100% devido à janela acústica limitada (pcte com DPOC).

Janela paraesternal, corte longitudinal. Observa-se uma hipertrofia ventricular importante (predomínio septal), valva aórtica bastante calcificada, com mobilidade reduzida.

 

httpv://youtu.be/7otjHg3s7tU

Dando-se um zoom na via de saída do VE e colocando o doppler podemos observar fluxo turbulento através de valva aórtica além de presença de um refluxo aórtico leve.

 

httpv://youtu.be/GDzsybv7cQY

Na janela apical, corte 4 câmaras, notamos mais uma vez a presença de HVE importante

 

httpv://youtu.be/1MU0eUcy1rc

Na janela supraesternal, podemos notar a presença de fluxo turbulento na aorta ascendente.

 

httpv://youtu.be/Yp8KNgxhMuw

Como saber a gravidade da EAo pelo eco? Pela avaliação de vários parâmetros

Neste caso:

Velocidade de pico de 4,98, gradiente máximo de 105 mmHg e médio de 65 mmHg – parâmetros sugestivos de EAo importante.

Como faço para calcular o último ítem da tabela – a razão de velocidades?

Divide-se a velocidade máxima na via de saída do vE (obtida pela corte apical 5 câmaras) pela velocidade máxima pela valva aórtica.

Ou seja – a velocidade máxima na VSVE é de 0,914 e a velocidade máxima pela valva aórtica é de 4,98 – relação de 0,18 – menor que 0,25 e por isso também sugestiva de EAo importante.

O último parâmetro é a área valvar. Como calculá-la pelo eco? O método mais utilizado é a equação de continuidade. Para ver como se faz em detalhes, veja este link.

Neste caso a área valvar calculada foi de 0,591 cm2 (ou seja, 0,6 cm2) – confirmando a EAo grave.

Em pctes com superfície corporal aumentada o ideal é indexarmos a área valvar pela superfície corporal. por que? – Porque uma área valvar de 1,1 cm2 para um pcte de 100 Kg e 1,90m pode representar uma EAo importante (apesar do valor absoluto de 1,1 indicar uma EAo moderada). Neste caso se indexarmos a área valvar para a superfície corporal teremos um resultado de 0,47 cm2/m2 – ou seja – <0,6 e portanto sugestiva de EAo importante  e não moderada.

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: