Não categorizado

Efeitos da contracepção hormonal no sistema cardiovascular

Esta publicação também está disponível em: pt-brPortuguês

Foi publicado recentemente na revista Arquivos Brasileiros de Cardiologia uma revisão sobre os efeitos da contracepção hormonal no sistema cardiovascular.

As recomendações gerais são as seguintes:

         Trombose

  • O uso de contraceptivos orais (CO) aumentam o risco de trombose venosa e arterial, independente da via administrada. Em mulheres sadias e com as preparações atuais (etinilestradiol < 50mcg), o risco é baixo.

  • O uso combinado de etinilestradiol + progestagênico altera o risco de TEV. O uso de levonorgestrel como progestagênico (2ª geração) apresenta menor risco de TEV, quando comparadas com uso de outros progestagênicos de 3ª geração, como o gestodeno e o desogestrel.

  • Os CO somente com progestagênico e não hormonais não estão associados a um aumento de risco para TEV. Assim, devem ser indicados para pacientes com história prévia de TEV ou com muitos fatores de risco (como obesidade, síndrome metabólica, tabagismo, idade > 40 anos, antecedente familiar de trombose). Não se deve usar CO com etinilestradiol em mulheres tabagistas > 35 anos.

  • O injetável trimestral com acetato de medroxiprogesterona foi o único progestagênio que mostrou alterações indesejadas em níveis de LDL, HDL, além de poder alterar a função vascular devido ao seu mecanismo de ação. Então, entre os contraceptivos somente com progrestagênio, preferir a pílula, o implante subdérmico liberador de etonogestrel ou o DIU liberador de levonorgestrel.

          Pressão Arterial

  • Os CO combinados, por conterem etinilestradiol, sempre alteram a PA, mesmo em baixas doses. Em mulheres saudáveis não há problema, mas seu uso deve ser evitado em mulheres hipertensas – preferir CO somente com progestagênico ou não hormonal nesses casos.

Referência: Brito MB, Nobre F, Vieira CS. Contracepção Hormonal e Sistema Cardiovascular. Arq Bras Cardiol 2011;96(4):e81-89.

Curso Preparatório

Banner Atheneu

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: