Arritmia

Efeitos do exercício físico em pacientes com FA

Pacientes com fibrilação atrial (FA) geralmente se queixam de fadiga, redução da tolerância aos exercícios e palpitações, o que leva a uma piora na qualidade de vida.

Alguns estudos já mostraram que a reversão do ritmo pode melhorar a qualidade de vida.

Em relação à atividade física, pouco se sabe. Para pacientes com doença coronariana e insuficiência cardíaca, já existem estudos mostrando o benefício do treinamento físico.

Esse estudo publicado no American Heart Journal avaliou 49 pacientes com FA permanente, com idade média de 70,2 anos. Foi comparado treinamento de exercício físico aeróbio por 12 semanas com o grupo controle.

Houve uma melhora na capacidade de exercício e no teste de caminhada de 6 minutos (p 0,002), uma redução na frequência cardíaca ao repouso e uma melhora na qualidade de vida (p 0,03, avaliado pelo escore de Minnesota – MLHF-Q).

Assim, esse estudo sugere que pode haver benefícios em qualidade de vida com o treinamento físico aeróbico em pacientes com FA permanente.

Referência: Osbak PS, Mourier M, Kjaer A et al. A randomized study of the effects of exercise training on patients with atrial fibrilation. American Heart Journal 2011;162(6):1080.

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

2 comentários

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: