Insuficiência Cardíaca

Estudo WARCEF: comparação de AAS e varfarina em IC

 Sabe-se que a insuficiência cardíaca (IC) é um fator de risco para fenômenos tromboembólicos. Se questiona quanto aos benefícios do uso de AAS ou varfarina nesses pacientes.

Estudo WARCEF é um estudo duplo-cego, randomizado, multicêntrico, que comparou o uso de aspirina 325mg e varfarina (para um INR entre 2,0 a 3,5) em 2305 pacientes com IC com disfunção sistólica (FE < 35%) em ritmo sinusal. Tempo de seguimento médio de 3,5 anos.

Não houve diferença nos desfecho primário composto de morte, AVC isquêmico ou hemorragia intracraniana. Quando avaliados os sub-grupos separadamente, houve uma redução significativa de AVC isquêmico no grupo varfarina (0,72% vs 1,36% – p 0,005), apesar de uma maior incidência de sangramentos maiores (principalmente por sangramento gastrointestinal).

Nas atualizações da diretriz de IC de 2012, é considerado indicação classe I:

  • Cumarínicos para FE < 35% em FA paroxística, persistente ou permanente com pelo menos um fator de risco adicional.

  • Cumarínicos para trombos intracavitários ou embolia prévia

  • Aspirina para cardiomiopatia de etiologia isquêmica com risco de evento coronariano.

  • Aspirina na contraindicação ao uso de anticoagulante oral por risco de sangramento.

Referência:

Homma S, Thompson JLP. Results of the Warfarin versus Aspirin in Reduced Cardiac Ejection Fraction (WARCEF) trial. International Stroke Conference 2012; February 3, 2012.

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: