Insuficiência Cardíaca

GUIDE-HF: vale a pena monitorização contínua de PAP em pacientes com IC?

Escrito por Fernando Figuinha

Esta publicação também está disponível em: Português

O estudo GUIDE-HF avaliou o uso de um sensor de pressão arterial pulmonar chamado CardioMEMs HF System, que transmite esses valores para um website. Ele é implantado via cateterismo direito. A ideia aqui seria poder acompanhar de perto o paciente, e otimizar a terapêutica antes que o paciente precisasse de uma internação por IC descompesada. Os profissionais responsáveis podem acessar esses gráficos para ajudar a individualizar o tratamento de cada paciente com IC crônica.

Já tivemos previamente os resultados do estudo CHAMPION com esse dispositivo, mostrando uma redução de 28% de hospitalizações por IC em 6 meses de seguimento. Estudo com 550 pacientes com NYHA III e uma hospitalização prévia nos últimos 12 meses. Foi aprovado posteriormente no mercado europeu e norte-amerciano.

No estudo GUIDE-HF, os pacientes do grupo controle recebem também o dispositivo, mas os médicos ajustam o tratamento baseado em medidas clínicas padrão (sintomas, peso etc).

Critérios de inclusão foram: NYHA II, III ou IV + hospitalização recente ou peptídeos natriuréticos elevados. Seguimento de 12 meses

O desfecho primário foi um Composto de Hospitalização por IC, Visitas urgentes por IC e mortalidade por todas as causas em 12 meses.  Houve uma redução de 12%, com p não significativo. 1/3 do seguimento ocorreu durante a pandemia do COVID. Foi observado uma interação significativa na fase COVID, que interferiu nos resultados.

Avaliando a fase pré-COVID, tivemos uma redução de 19% do desfecho primário, com p 0,049, às custas de redução de hospitalização por IC (redução de 28% com p 0,007 vs redução 17% com p 0,064 na análise completa).

Os desfechos secundários eram: Composto de Hosp. IC e visita urgente por IC / EuroQoL 5-Dimension 5-Level / Kansas City Cardiomyopathy Questionnaire (KCCQ-12) / Teste de Caminhada de 6 minutos / Hospitalização por IC / Mortalidade por todas causas / Tempo livre de complicações relacionadas ao sistema.

Nesses desfechos, tivemos uma melhora significativa no escore de qualidade de vida (EuroQoL-5D-5L), sem diferenças no teste de caminhada de 6 min ou no escore de KCCQ-12.

Analisando a curva de PAP, tivemos uma melhora nos 2 grupos, sugerindo um bom tratamento também no grupo controle, mas de forma mais clara no grupo com dispositivo, e também, de forma mais intensa na fase pré-COVID.

Concluem que essa estratégia poderia ser benéfica para pacientes com NYHA II ou III, com elevação de peptídeos natriuréticos, independente se IC FER ou ICFEP.

Chequem nosso resumo também por vídeo!

Curso Cardiopapers

Banner Atheneu

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anúncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site

%d blogueiros gostam disto: