Coronariopatia

Guideline europeu de síndrome coronariana sem supra de ST: qual o atual papel dos inibidores da glicoproteína 2b3a nesta circunstância?

cate prinzmetal

Recomendações do guideline europeu:

– considerar o uso de inibidores 2b3a se determinadas características forem vistas na angiografia: grande carga trombótica ou as chamadas bailout situations. O termo bailout em inglês significa fiança, garantia. Em cardiologia, usa-se o termo quando ocorrem complicações mecânicas durante o cateterismo como a oclusão de uma vaso que antes estava aberto ou a dissecção de coronária com características julgadas perigosas para o pcte (alguns tipos de dissecção são tratadas apenas de forma expectante). 

– EVITAR o uso de inibidores 2b3a sem saber a anatomia coronariana do paciente. Isto quer dizer que a estratégia adotada por alguns serviços de iniciar a medicação de forma upstream, ou seja, já na sala de emergência antes da realização de cateterismo não é mais defendida pelos europeus. 

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

1 comentário

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: