Sem categoria

Hipertensão pulmonar – como investigar?

Já vimos em outros tópicos quais as principais causas de hipertensão pulmonar assim como enfatizamos a diferença entre hipertensão pulmonar (HP) e hipertensão arterial pulmonar (HAP). Hoje colocamos o algoritmo proposto pela AHA em seu guideline de 2009 para investigar pctes com hipertensão pulmonar. Normalmente o diagnóstico inicial de hipertensão pulmonar é feito pelo ecocardiograma (níveis de PSAP acima de 35-40 mmHg ou pressão média de artéria pulmonar>25 mmHg). Quem queiser lembrar como se calcula a PSAP pelo eco é só dar uma olhada neste tópico. Após ver estes valores alterados no eco, inicia-se então a investigação atrás da etiologia. Notar que se o próprio eco transtorácico muitas vezes já revela uma causa óbvia (ex: valvopatia mitral moderada/importante, disfunção sistólica ou diastólica significantes de ve, presença de cardiopatia congênita que cause hiperfluxo pulmonar, etc). Nestes casos não são necessários exames adicionais. Contudo, se o eco TT não mostra nada mais convincente, é necessário continuar a investigação com uma série de exames para avaliar outras etiologias (tep crônico, doença pulmonar parenquimatosa com hipoxemia crônica, etc). 

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: