Sem categoria

Necessidade de radioterapia em paciente com marca-passo: o que fazer?

Post enviado pelo Dr Eduardo Castro, médico especialista em cardiologia pelo InCor-HCFMUSP

A radioterapia é parte crucial para o tratamento de inúmeras neoplasias. Com envelhecimento da população em geral é cada vez mais frequente encontrarmos pacientes portadores de marcapasso e/ou cardiodesfibrilador (CDI) que necessitam fazer radioterapia. Neste contexto ainda carecemos de dados quanto às recomendações que devem ser feitas aos pacientes submetidos a este tipo de terapia.

Efeitos que podem ocorrer em pacientes portadores de dispositivos que são submetidos a radioterapia:

– alteração temporária da bateria

– perda de memória do aparelho

– estimulação inadequada

Em relação ao CDI, apesar de existirem testes experimentais que demonstraram choque inapropriado em dispositivos que foram submetidos e elevada dose de radiação, a maioria dos grandes centros em cardio-oncologia não recomenda que se desligue o CDI durante o tratamento.

A avaliação cardiológica deve focar em alguns pontos específicos:

1- DEFINIR A DOSE FINAL DE RADIACAO ESPERADA SOBRE O DISPOSITIVO:

2- DEFINIR SE O PACIENTE É DEPENDENTE DO APARELHO:

DOSE DE RADIAÇÃO

< 2Gy

2 a 10Gy

> 10 Gy

DEPENDENTE

Moderado risco

Moderado risco

Alto risco

NÃO DEPENDENTE

Baixo risco

Moderado risco

Alto risco

3- Determinar se o aparelho deve ser trocado de localização e estabelecer como deve ser feito o seguimento ambulatorial.  

FullSizeRender (1)

Reference:

  1. Hurkmans et al.: Management of radiation oncology patients with a pacemaker or ICD: A new comprehensive practical guideline in The Netherlands. Radiation Oncology 2012 7:198.

  2. Solan AN, Solan MJ, Bednarz G, et al: Treatment of patients with cardiac pacemakers and implantable cardioverter-defibrillators during radiotherapy. Int J Radiat Oncol Biol Phys 2004, 59:897–904.
    3.

  3. Wadasadawala T, Pandey A, Agarwal JP, et al: Radiation therapy with implanted cardiac pacemaker devices: a clinical and dosimetric analysis of patients and proposed precautions. Clin Oncol (R Coll Radiol) 2011, 23:79–85.
    4.

  4. Hudson F, Coulshed D, D'Souza E, et al: Effect of radiation therapy on the latest generation of pacemakers and implantable cardioverter defibrillators: A systematic review. J Med Imaging Radiat Oncol 2010, 54:53–61.
    5.

  5. Snow JS, Kalenderian D, Colasacco JA, et al: Implanted devices and electromagnetic interference: case presentations and review. J Invasive Cardiol 1995, 7:25–32.

  6. Guidant Corporation Cardiac Rhythm Management Technical Services: The impact of therapeutic radiation on Guidant implantable pacemakers (IPMs) and implantable cardioverter defibrillators (ICDs), Revision L02/13/03; 2003:1–6.

  7. Boston Scientific: Therapeutic Radiation and Implantable Pacemakers and Defibrillators; 2008.
     

  8. Medtronic USA Inc.: Standard Letter, THERAPEUTIC RADIATION, Rev. E 22-12-0008.
    23.

  9. St.jude Medical: Effects of Therapeutic Radiation on St. Jude Medical Implantable Cardiac Rhythm Devices, Technical Services Rev 11/08; 2008.
    24.

  10. Uiterwaal H, Springorum BG, Scheepers E, et al: Interference detection in implantable defibrillators induced by therapeutic radiation therapy. Neth Heart J 2006, 14:330–334.

 

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: