Sem categoria

Nova diretriz de valvopatias da SBC – parte 2

ESTENOSE MITRAL

– Para avaliar se a valvoplastia percutânea é factível, sempre calcular o escore de Wilkins. Se for até 8 pontos – bom para valvoplastia (considerabndo qu não tenha outras contra-indicações que veremos a seguir). Se 12 ou mais – ruim. Se 9,10 ou 11 – avaliar caso a caso.

– 2 indicações gerais de cate em valvopatias

1- descartar coronariopatia em pctes que irão se submeter à cirurgia de troca valvar (ver neste tópico)

2- ajudar nos casos em que há discrepância entre os dados clínicos e o eco tt – exemplo – exame físico compatível com valvopatia importante mas eco dizendo que a mesma é leve.

– Estas indicações servem para as 4 valvopatias. Além destas recomendações gerais, existem as indicações específicas – ex – valvoplastia percutânea na estenose mitral, colocação de mitraclip na insuficiência mitral, implante percutâneo de valva aórtica na EAo, etc.

– E como o cate vai ajudar a graduar uma estenose mitral, por exemplo? Através do cate completo podemos calcular o gradiente VE-AE (medindo-se a pressão diastólica do VE de forma direta e do AE geralmente de forma indireta através do catéter do swan ganz que irá ver a pressão ocluída em artéria pulmonar, por sua vez igual à do AE) e a área valvar (equação de Gorlin) de forma mais fidedigna do que pelo cate. Contudo, na grande maioria dos casos o eco tt bem feito resolve a situação.

– E o que prescrever para uma estenose mitral sintomática? As indicaçõe classe 1 são:

1- bbloq

2- diurético

3- anticoagulação caso tenha havido embolia prévia, fa ou presença de trombo em átrio esquerdo.

– Lembrar que o grande efeito do bbloq nestes casos é diminuir a frequência cardíaca e assim aumentar o tempo de diástole. Isto dá mais chance ao átrio de se esvaziar, evitando o aumento de pressão no local. 

– Lembrar que não é para ficar usando digital indiscriminadamente na estenose mitral. O digital tem 2 efeitos benéficos nas valvopatias – aumenta o inotropismo do VE e ajuda a controlar a FC de pctes com FA. Se o pcte tiver estenose mitral isolada (sem insuficiência mitral e sem valvopatia aórtica) o VE geralmente será normal. Caso não haja FA associada, não há motivos para usar digital neste pcte. 

– Posso usar dabigatran, apixaban ou rivaroxaban nestes pctes? Lembrar que ainda não há grandes trials destas medicações em pctes valvopatas. Seu uso então seria uma indicação off-label no momento.

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: