Coronariopatia

Novidade!!! Medicação que reverte o efeito do ticagrelor

Eduardo Lapa
Escrito por Eduardo Lapa

Esta publicação também está disponível em: pt-brPortuguês esEspañol

O ticagrelor é um dos agentes antiplaquetários que inibe a P2Y12. Os outros dois são o bom e velho clopidogrel e o prasugrel. Essa medicação é muito usada no cenário pós-síndrome coronariana aguda em conjunto com a aspirina. A questão é que muitas vezes pacientes que estão usando ticagrelor precisam ser submetidos a procedimentos invasivos de urgência. Os guidelines recomendam que a droga seja suspensa 5 dias antes de procedimentos invasivos. E aí? O que fazer? Espero 5 dias e o paciente corre o risco do procedimento ser adiado (ex: colecistectomia de urgência) ou opero de todo jeito e corro o risco de sangramento? E se esse mesmo paciente tiver um sangramento relevante como hemorragia digestiva alta estando em uso de ticagrelor? O que eu faço? Transfundo plaquetas? Pois é. Lá vem a dica:

  • Transfundir plaquetas para pacientes usando ticagrelor não é eficaz. Por quê? A droga não se liga irreversivelmente às plaquetas, diferente do clopidogrel, por exemplo. Assim, no paciente que está usando a medicação tem sempre droga livre circulando no sangue. Quando se transfunde plaquetas, a droga então se liga a estas plaquetas recém chegadas e faz seu efeito antiagregante sobre elas.

Ou seja, até o momento não tinha muito o que fazer mesmo. Mas foi publicado no New England o primeiro estudo com uma medicação reversora do efeito do ticagrelor. Vamos ver os resultados:

  • a droga ainda não tem nome comercial até por se tratar de um estudo de fase 1. Assim, o nome usado é o código PB2452. Trata-se de um anticorpo monoclonal que se liga ao ticagrelor, neutralizando seu efeito ao impedir que se ligue ao receptor P2Y12.
  • Basicamente o estudo avaliou indivíduos saudáveis, jovens (entre 18 e e 50 anos), que haviam recebido ticagrelor previamente. Na sequência eram testadas doses diferentes da medicação nova de forma a definir a dose ideal para reverter o efeito do ticagrelor. Esse efeito era medido através de testes de agregação plaquetária.
  • Não houve reações adversas sérias ligadas à droga.
  • A droga foi eficaz em reverter o efeito antiagregante do ticagrelor rapidamente (5 minutos). Esse efeito permaneceu por cerca de 20h.
  • O efeito da medicação sobre sangramentos causados pelo ticagrelor não foram avaliados no estudo e terão que ser testados em trials subsequentes.
  • O agente só é esperado de funcionar com o ticagrelor. Como prasugrel e clopidogrel se ligam irreversivelmente às plaquetas, a nova medicação não deve ter efeito sobre a ação destes. 

Curso Preparatório

Banner Atheneu

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: