Prevenção

Novo guideline da AHA de prevenção na mulher – quais as novidades?

 

Esta semana foi publicado no Circulation o novo guideline americano sobre prevenção cardiovascular em mulheres. As principais novidades foram:

1- Agora mulheres com Framingham >10% em 10 anos são consideradas de alto risco. Assim, o alvo nestas pacientes é de manter o LDL<100. Isto baseia-se no fato de sabidamente o Framingham subestimar o risco cardiovascular em mulheres. Dificilmente se vê um escore >20% em mulheres <75 anos, mesmo que estas tenham inúmeros fatores de risco para DCV.

2- O cardiologista deve sempre indagar sobre complicações em gestações prévias. A presença de preeclampsia por exemplo dobra o risco de eventos cardiovasculares em 10 anos. O que os autores do guideline falam é que estas complicações na gestação (preeclampsia, diabetes gestacional, parto prematuro, criança com baixo peso ao nascer, has gestacional) funcionam como um teste de stress positivo. Assim, deve-se atuar agressivamente nos possíveis fatores de risco (dislipidemia, HAS, sobrepeso, etc) para evitar eventos.

Referência: Mosca L, Benjamin EJ, Berra K, et al. Effectiveness-based guidelines for the prevention of CVD in women—2011 update. A guideline from the American Heart Association. Circulation 2011; DOI:10.1161/CIR.0b013e31820faaf8.

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

1 comentário

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: