Valvopatias

PARTNER Coorte A – resultado de 5 anos de seguimento

Resumo do artigo PARTNER Coorte A apresentado no congresso do ACC 15, mostrando os resultados em 5 anos do implante percutâneo de valva aórtica comparado com a cirurgia valvar convencional para estenose aórtica grave.

Os resultados de 5 anos de seguimento do estudo PARTNER coorte A mostraram que o implante percutâneo de valva aórtica (TAVR) em pacientes com estenose aórtica de alto risco cirúrgico tiveram desfechos clínicos similares à troca valvar aórtica convencional.

Os paciente da coorte A eram pacientes que possuíam alto risco cirúrgico, definido por um escore STS > 10 ou mortalidade prevista em 30 dias > 15%. Lembrando que houve também o estudo com a coorte B, que foi feito com pacientes que não tinham condições de serem submetidos à cirurgia (mortalidade em 30 dias > 50%) – checar este link.

No PARTNER coorte A, a mortalidade foi de 67,8% no grupo TAVR e 62,4% no grupo cirúrgico (p não significativo).

Em relação às taxas de AVC, houve um aumento inicial no grupo TAVR. Em 2 anos, essas taxas começaram a convergir, e não houve diferença entre os 2 grupos após 5 anos de seguimento.

Não houve também sinais de deteriorização da estrutura valvar. Apesar disso, a taxa de leak paravalvar foi maior no grupo TAVR. Insuficiência aórtica moderada a grave foi documentada em 14% dos pacientes do grupo TAVR e em 1% no grupo cirúrgico. E o leak paravalvar está associado a uma maior mortalidade.

O estudo foi feito com as próteses de 1ª geração Sapien (Edwards Lifesciences).

Esse resultado coloca em xeque a indicação de troca valvar cirúrgica como tratamento padrão para pacientes com estenose aórtica de alto risco cirúrgico.

Referência: Mack MJ, Leon MB, Smith CR, et al. Five-year outcomes of transcatheter aortic valve replacement or surgical valve replacement for high surgical risk patients with aortic stenosis (PARTNER 1): A randomized controlled trial. Lancet 2015; DOI:S0140-6736(15)60308-7

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: