ECG

Pcte com fibrilação atrial que passa a apresentar frequência cardíaca lenta e regular – em que pensar?

Dica rápida e importante no dia a dia: pcte que possui fibrilação atrial crônica e que chega para consulta ou no pronto-socorro com frequência cardíaca <50-60 bpm e regular – pensar em FA + BAVT. Exemplo: ecg de paciente com FA:

fa + bavt - antes de bloquear

No pós-operatório imediato de troca valvar aórtica o pcte apresentou ritmo regular e lento no monitor cardíaco. O ecg revelou:

fa + bavt - depois de bloquear

Nota-se que o ritmo é regular, com FC < 60 bpm e que não se visualiza ondas P. Como sabemos que o pcte apresentava FA previamente, fica fácil de chegar à conclusão de que se trata de uma FA com BAVT. Caso não tivéssemos ecg prévio do pcte seria difícil de diferenciar tal alteração de um ritmo juncional, por exemplo.

Dica: pctes que fazem procedimentos invasivos em valva aórtica (implante percutâneo de valva aórtica, troca valvar aórtica por cirurgia, etc) possuem um risco considerável de desenvolver distúrbios de condução já que o sistema de condução elétrica passa bem próximo ao anel valvar aórtico. Assim sendo, sempre vigiar o ecg para flagrar tais alterações.

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: