Arritmia

Quais as principais vantagens dos novos anticoagulantes sobre a varfarina?

Eduardo Lapa
Escrito por Eduardo Lapa

O uso dos novos anticoagulantes orais (NOACS) vem sendo cada vez mais difundido no tratamento de pacientes com fibrilação atrial. Mas você sabe quais as 3 principais vantagens destas medicações sobre a boa e velha varfarina? Resumindo:

  • Melhor perfil de eficácia/segurança. A depender da droga e da dose estudada, os NOACS em algumas combinações são igualmente eficazes em reduzir AVC em pacientes com FA mas mais seguros em relação ao risco de sangramento ou são mais eficientes em reduzir eventos tromboembólicos causando taxas de complicações hemorrágicas similares à varfarina. Depende do médico ver qual o perfil do paciente que está tratando para decidir que estratégia usar – dose mais agressiva de NOAC ou mais conservadora.
  • Ação anticoagulante mais previsível, o que dispensa o uso de exames de coagulação para monitorizar o efeito. A analogia é a mesma que fazemos quando comparamos heparina não fracionada (HNF) com as de baixo peso molecular (HBPM). Como o segundo grupo tem uma ação bastante estável, não precisamos ficar dosando ttpa a cada 6h como fazemos com a HNF.
  • Interagem bem menos com alimentos e outras drogas. Quem usa varfarina no dia a dia do consultório sabe que praticamente qualquer medicação pode interagir com a varfarina. Antibióticos, anti-inflamatórios, várias medicações cardiovasculares (ex: amiodarona, digoxina, etc).

Baseado nestas vantagens citadas, o guideline europeu de FA, por exemplo, já coloca que pacientes que irão iniciar uso de anticoagulação devido à arritmia devem preferir os NOACs à varfarina.

Qual o grande problema dos NOACS? Preço. Enquanto o tratamento com varfarina por menos de 10 reais ao mês, o preço do tratamento mensal com NOACS costuma ficar na faixa entre 180-300 reais.

Referência: Steffel J, et al. The 2018 EuropeanHeart RhythmAssociation PracticalGuide on the use of non-vitamin K antagonist oral anticoagulants in patients with atrial fibrillation. European Heart Journal (2018) 00, 1–64 doi:10.1093/eurheartj/ehy136

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: