Arritmia

Quais os critérios diagnósticos da síndrome de Wolff-Parkinson-White?

wpw1

Síndrome é um conjunto de sinais e sintomas; para o diagnóstico da síndrome de WPW devemos ter os sintomas relacionados aos episódios de taquiarritmias como palpitações, síncopes, pré-síncope, associados a alterações específicas no ECG.

Quando são encontradas as 4 alterações características descritas abaixo no eletrocardiograma, chamamos de WPW manifesto:

1- PR curto

2- Onda delta

3- QRS alargado

4- Alteração de repolarização ventricular

OBS: Se existirem as alterações eletrocardiográficas, mas sem qualquer sintoma atual ou prévio, chamamos apenas de pré-excitação ventricular e não Síndrome de WPW.

Caso não existam todas as 4 características chamamos de WPW inaparente.

Lembrar que as alterações eletrocardiográficas do WPW podem ser intermitentes.

Se não houver qualquer alteração no eletrocardiograma, mas houver documentação de taquiarritmia por reentrada atrioventricular (via acessória) através do estudo eletrofisiológico estamos diante do WPW oculto (condução retrógada pela via acessória).

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: