Hipertensão arterial sistêmica

Qual a diferença entre efeito do avental branco e hipertensão do avental branco?

Eduardo Lapa
Escrito por Eduardo Lapa

Aprenda a diferenciar o efeito do avental branco e a hipertensão do avental branco e classificar de forma correta o aumento da pressão arterial do seu paciente no consultório.

Definições:

efeito do avental branco: refere-se à diferença entre a medida da PA no consultório e a médias das medidas obtidas na medida residencial de pressão arterial (MRPA) ou à média das pressões no período de vigília da MAPA. Quando esta diferença é superior a 20 mmHg na pressão sistólica (PAS) e/ou a 10 mmHg na pressão diastólica (PAD), diz-se que o efeito do avental branco é significativo. Contudo, esta diferença não muda o diagnóstico do paciente. Se ele era hipertenso, continua sendo hipertenso. Se era normotenso, continua sendo normotenso

Exemplo: pcte apresenta PA 180×100 mmHg na consulta e na MRPA, a média das medidas é de 150×90 mmHg. Ou seja, ele tem HAS de toda forma, mas as medidas do consultório são bem mais elevadas do que as feitas em casa.

hipertensão do avental branco: há critérios para se diagnosticar HAS pelas medidas no consultório mas as medidas feitas em casa (através de MAPA ou MRPA) afastam o diagnóstico.

Exemplo: paciente apresenta persistentemente níveis maiores ou iguais a 140×90 mmHg no consultório mas o MAPA mostra PA nas 24h de 120×80 mmHg.

Publicidade

Banner Atheneu

Banner Atheneu

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: