Coronariopatia

Qual a medicação de escolha para tratar angina no paciente com coronariopatia crônica?

Eduardo Lapa
Escrito por Eduardo Lapa

Resposta: betabloqueador.

Como vimos em outro post, o betabloqueador diminui mortalidade no paciente coronariano quando há passado de IAM ou quando a fração de ejeção do VE é reduzida. Caso não haja nenhuma destas 2 situações, a medicação não tem eficácia comprovada na redução de mortalidade MAS é considerada pelos guidelines americanos como a medicação inicial de escolha para controle dos sintomas anginosos.

O que fazer se o paciente persistir com angina após otimização do betabloqueador?

Segundo passo: associar nitrato e/ou bloqueador de canal de cálcio. Lembrar que a associação de bbloq + diltiazem ou verapamil deve ser evitada inicialmente já que isto aumenta consideravelmente o risco de bradiarritmias. Neste caso, então, optar-se-ia por um bloqueador de canal de cálcio diidropiridínico como anlodipina ou nifedipina.

E se isto não resolver?

Terceiro passo: a diretriz da AHA sugere associar ranolazina. Outra opção mais disponível é a trimetazidina.

Quarto passo: apenas após os passos anteriores não resolverem a angina é que a diretriz de 2012 recomenda considerar revascularização (percutânea ou cirúrgica) com objetivo de tratar dor refratária.

Referência: Fihn SD, Gardin JM, Abrams J, et al. 2012 ACCF/AHA/ACP/AATS/PCNA/SCAI/STS guideline for the diagnosis and management of patients with stable ischemic heart disease: a report of the American College of Cardiology Foundation/American Heart Association task force on practice guidelines, and the American College of Physicians, American Association for Thoracic Surgery, Preventive Cardiovascular Nurses Association, Society for Cardiovascular Angiography and Interventions, and Society of Thoracic Surgeons. Circulation 2012; 126:e354.

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

4 comentários

  • Site muito bom! Artigos com temas relevantes. Só acho que poderiam fazer uma análise mais crítica em relação às recomendações das dizetrizes, como avaliar a evidência que eles usam para considerarem tal recomendação. Inclusive a AHA é muito criticada por se basear muitas vezes em opinião de especialistas ou considerar importantes artigos não tão bons.
    De qualquer forma, parabéns!

    • Marlon, obrigado pelo comentário. O site possui vários tipos de posts diferentes. Em alguns nós focamos justamente em dissecar as evidências por trás das recomendações. Há literalmente centenas de posts nesta linha. Em outros, preferimos fazer algo mais rápido e direto, apenas elencando conhecimentos comumente cobrados em provas e que são considerados rotinas pela maior parte das diretrizes. Este post é um exemplo do segundo tipo de publicação.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: