Coronariopatia Emergências

Que dose de manutenção de aspirina prescrever após infarto do miocárdio?

Eduardo Lapa
Escrito por Eduardo Lapa

Há uma divergência entre as sociedades europeia e americana sobre a dose de manutenção da aspirina após infarto do miocárdio.

  • Os europeus recomendam uma dose de manutenção da aspirina de 75 a 100 mg/dia, indefinidamente.
  • Os americanos sugerem uma dose mais ampla, de 81 a 325 mg/d de aspirina, indefinidamente.

Lembrar que em pacientes que usam ticagrelor, o FDA recomenda que a dose de manutenção de AAS não ultrapasse 100 mg de acordo com achados do estudo PLATO.

Resumo:

a maioria dos serviços dentro e fora do país costumam usar doses de AAS iguais ou < 100 mg/d de manutenção. Nos EUA é comum a prescrição de doses de manutenção > 100 mg/d. Isto não deve ser feito em pacientes que usam dupla antiagregação com ticagrelor.

Referência: Rodrigues F, Mahaffey KW Management of Patients With NSTE-ACS A Comparison of the Recent AHA/ACC and ESC Guidelines. J Am Coll Cardiol 2016.

Publicidade

Banner Atheneu

Banner Curso Pré Operatório

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto:
X