Sem categoria

Questões em cardiologia – qual a etiologia da miocardiopatia do paciente?

Paciente de 40 anos é admitido em hospital devido a quadro de insuficiência cardíaca descompensada. Não possuía acompanhamento médico prévio. Ecocardiograma mostrou fração de ejeção de 23% às custas de hipocinesia difusa. Durante a internação apresentou quadro de distensão e dor abdominal. Exame físico mostrava abdome distendido e ausência de irritação peritoneal. Radiografia de abdome revelou:

Resposta: Doença de Chagas – colonoscopia

O pcte mostrado no caso é portador de miocardiopatia chagásica avançada. Estava no hospital para tratamento de I|C descompensada quando apresentou quadro de dor e aumento do volume abdominal. A radiografia de tórax revela nitidamente a presença de alça de cólon distendida. Na topografia em que se localiza (quadrante inferior esquerdo do abdome) tal imagem sugere a presença de sigmoide dilatado e torcido sobre si. A isto chama-se de volvo de sigmoide. Nestes casos, deve se avaliar se há sinais de irritação peritoneal (ex: piora da dor à descompressão brusca do abdome). Caso não, pode-se tentar a realização de colonoscopia descompressiva para tentar reverter o volvo, sendo a cirurgia de sigmoidectomia realizada em um segundo momento de forma eletiva. Caso haja sinais de irritação peritoneal ou se a colonoscopia não tiver sido bem sucedida, o pcte tem que ser encaminhado para a cirurgia de emergência. No caso acima, o pcte não apresentava sinais de irritação peritoneal. Foi tentado realizado colonoscopia de emergência mas a mesma não conseguiu desfazer a torção do sigmoide. O pcte foi operado no mesmo dia e recuperou-se bem da abordagem cirúrgica.

Dica: dilatação de cólon + miocardiopatia dilatada = pensar em doença de Chagas

Publicidade

Banner Atheneu

Banner Curso Pré Operatório

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

2 comentários

  • cardiopatia chagásica.
    rx de abdomem mostra distensão de alças do intestino grosso, sugerindo quadro de megacolon, que associado ao padrão ecocardiográfico de hipocinesia difusa torna a etiológia chagásica a principal etiologia a ser pensada.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto:
X