ECG

Sabe quais as causas de onda R ampla em V1 e V2? Aprenda de forma fácil com nosso mnemônico.

Eduardo Lapa
Escrito por Eduardo Lapa

Normalmente quando vemos onda R de grande amplitude em V1 e V2 em um ECG a primeira hipótese que costuma vir à mente é a de sobrecarga de ventrículo direito (SVD). Exemplo abaixo de paciente com estenose pulmonar congênita:

Contudo, há inúmeras outras caudas para este achado. Alguns outros exemplos:

  • Miocardiopatia hipertrófica acometendo predominantemente a parede septal. No caso abaixo, há onda R ampla em V2:

  • Anormalidade de condução pelo ramo direito.

Outras causas de onda R ampla em V1 e V2 seriam: posicionamento errado de eletrodos, pneumotórax à esquerda, presença de via acessória esquerda, entre outros.

Para simplificar o diagnóstico diferencial, elaboramos no nosso Manual de Eletrocardiografia Cardiopapers o seguinte mnemônico:

OBS1: na lista acima terminara não entrando 2 causas raras: BDAM e Distrofia Muscular de Duchenne

OBS2: quer entender porque cada uma dessas alterações pode gerar ondas R amplas em V1 2 V2 e não apenas decorar a lista? Compre nosso Manual de Eletrocardiografia Cardiopapers. O mesmo será lançado no congresso da Socesp em junho de 2017 e depois estará disponível para venda nas melhores livrarias e no nosso site.

 

Publicidade

Banner Atheneu

Banner Atheneu

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: