Coronariopatia

Vale a pena fazer trombectomia em todos pacientes com IAM com supra de ST?

Durante a angioplastia primária, a trombectomia manual pode reduzir a embolização distal e por isso melhorar a perfusão microvascular.

Estudos pequenos indicavam que a trombectomia poderia melhorar desfechos, mas estudos maiores apresentavam resultados conflitantes.

Para responder essa questão foi realizado o estudo TOTAL.

Foram 10.732 pacientes com IAM com supra de ST.

O desfecho primário foi um composto de: morte cardiovascular + IAM recorrente + choque cardiogênico + insuficiência cardíaca NYHA CF IV em até 180 dias.

Não houve diferença entre os grupos. O grupo que fez trombectomia apresentou 6,9% de eventos vs 7,0% (p ns).

Esses achados foram semelhantes aos estudos anteriores TASTE e INFUSE-AMI.

Em relação ao desfecho de segurança, AVC ocorreu em 0,7% vs 0,3% dos pacientes no grupo que fez angioplastia isolada (HR 2,06, p 0,02).

Conclui, assim, que em pacientes com IAM com supra de ST, o uso rotineiro de trombectomia manual não reduz desfechos cardiovasculares e pode estar associado a uma maior taxa de AVC.


Referência: Jolly SS, Cairns JÁ, Yusuf S et al. Randomized Trial of Primary PCI with or without Routine Manual Thrombectomy. N Eng J Med. DOI: 10.1056/NEJMoa1415098.

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: