Insuficiência Cardíaca

Você sabe classificar as diferentes cardiomiopatias?

Eduardo Lapa
Escrito por Eduardo Lapa

Podemos definir as cardiomiopatias como doenças que primariamente afetam o músculo cardíaco. Este termo serve para diferenciar de alterações do miocárdio secundárias a outras doenças. Um paciente com hipertensão arterial sistêmica mal controlada ou com estenose aórtica importante, por exemplo, termina desenvolvendo hipertrofia do ventrículo esquerdo como consequência da sobrecarga de pressão a que esta câmara fica sujeita. O problema primário está, nestes casos, na PA descontrolada e na valva estenótica, respectivamente, e não no miocárdio. Da mesma forma, um paciente que sofre um infarto anterior extenso e depois fica com o ventrículo esquerdo dilatado e disfuncionante teve seu problema primário na oclusão coronariana, e não no músculo cardíaco. Por este motivo, boa parte das sociedades internacionais evita usar o termo cardiomiopatia hipertensiva ou isquêmica, por exemplo. Contudo, sabemos que estas denominações continuam sendo empregadas com frequência.

OK. Uma vez definido o que são as cardiomiopatias, temos que definir os tipos. Classicamente, dividia-se estas doenças em 3 grandes grupos, como mostrado na figura abaixo:

Na década de 90, acrescentou-se mais duas entidades a esta classificação: a cardiomiopatia arritmogênica de ventrículo direito (revisão em breve aqui no site) e o grupo de cardiomiopatias não classificadas.

Outra forma de classificar as cardiomiopatias é dividindo-as em primárias e secundárias. As primeiras caracterizam-se por ter acometimento exclusivo do coração (ex: cardiomiopatia hipertrófica de origem hereditária) enquanto que nas secundárias o acometimento cardíaco está acompanhado de um quadro sistêmico mais amplo (ex: cardiomiopatias encontradas em doenças inflamatórias como Lúpus, Wegener, etc).

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: