Arritmia ECG Emergências

Perda de consciência e síncope são sinônimos? Não!!!

Pedro Veronese
Escrito por Pedro Veronese

Define-se síncope como uma perda transitória da consciência devido à hipoperfusão cerebral transitória, caracterizada por: início súbito, perda do tônus postural, curta duração, recuperação completa e espontânea. Desta forma, toda síncope requer perda de consciência, porém nem toda perda de consciência é síncope.

Condições incorretamente diagnosticadas como síncope:

  1. Epilepsia, hipoglicemia, hipóxia, hiperventilação com hipercapnia, intoxicação exógena e acidente isquêmico transitório de origem vertebrobasilar. Em nenhuma dessas situações há hipoperfusão cerebral global.
  2. Cataplexia (perda abrupta do tônus muscular), drop attacks (quedas súbitas com causas variadas), quedas, pseudosíncope psicogênica e acidente isquêmico transitório de origem carotídea. Em nenhuma dessas situações há perda de consciência.

Em resumo, pacientes com várias causas de perda de consciência na emergência, como por exemplo: acidentes vasculares cerebrais, hipoglicemia ou intoxicações exógenas não apresentam síncope.

DICAS:

1- Pacientes com síncope NÃO devem fazer tomografia de crânio de forma rotineira.

2-Após uma síncope os pacientes recobram rapidamente o nível de consciência, e portanto, a regra é encontrarem-se orientados no tempo e no espaço.

3- Síncopes não causam movimentos tônicos-clônicos.

4- A caracterização da perda de consciência por meio da história clínica é a principal arma para elucidação diagnóstica desses quadros.

5- Todo o paciente com síncope deve ser submetido a um eletrocardiograma de 12 derivações.

Referências Bibliográficas:

  1. Shen WK, Sheldon RS, et all. 2017 ACC/AHA/HRS Guideline for the Evaluation and Management of Patients with Syncope: A Report of the American College of Cardiology/American Heart Association Task Force on Clinical Practice Guidelines, and the Heart Rhythm Society.Heart Rhythm. 2017 Mar 9. pii: S1547-5271(17)30297-7.
  2. Moya A, Sutton R, et all. Task Force for the Diagnosis and Management of Syncope. European Society of Cardiology (ESC). European Heart Rhythm Association (EHRA). Heart Failure Association (HFA). Heart Rhythm Society (HRS). Eur Heart J. 2009 Nov;30(21):2631-71.

Deixe um comentário

Sobre o autor

Pedro Veronese

Pedro Veronese

Médico Especialista em Çlínica Médica pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.
Médico Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC.
Médico Especialista em Arritmia Clínica e Eletrofisiologia pela Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas - SOBRAC.
Médico do Centro de Arritmias Cardíacas do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.
Médico Doutorando em Cardiologia pelo InCor - FMUSP.
Preceptor da Residência de Clínica Médica do Hospital Estadual de Sapopemba.
Médico Chefe de Plantão do Pronto Socorro Central da Santa Casa de São Paulo.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: