Lípides

Nova diretriz brasileira: quais as metas de LDL a serem atingidas?

Fernando Figuinha
Escrito por Fernando Figuinha

Tema sempre controverso, a última atualização da Diretriz de Dislipidemia da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) apresentou também algumas novidades em relação às metas de LDL e não-HDL colesterol.

Para saber como calcular o risco cardiovascular, acesse esse post.

A novidade está na meta de LDL de < 50 para os pacientes classificados como Muito Alto Risco de eventos cardiovasculares.

A redução necessária baseado na meta de LDL ou não HDL-colesterol também nos ajudar a definir qual a melhor opção de tratamento, como veremos nos próximos posts.

Lembrando sempre que as diretrizes americanas de 2013 propõe não se almejar uma meta específica de LDL. Qual o racional por trás disto? Veja neste post.

Referência: Faludi AA, Izar MCO, Saraiva JFK, Chacra APM, Bianco HT, Afiune Neto A et al. Atualização da Diretriz Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose – 2017. Arq Bras Cardiol 2017; 109(2Supl.1):1-76.

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: