Coronariopatia Emergências

O poder da Troponina ultra-sensível em afastar síndrome coronariana aguda

A dor torácica é uma das queixas mais comuns nos serviços de pronto atendimento de todo o mundo.

Sempre buscamos uma forma rápida e segura de afastar síndrome coronariana aguda (SCA) nesses pacientes. Vários estudos publicados sugerem que o uso da troponina ultra-sensível (TnT-hs) poderia nos permitir liberar com segurança esses pacientes em menos tempo.

No guideline europeu, por exemplo, sugere-se a coleta de TnT-hs na entrada e em 3hs para afastar isquemia (rapid rule-out protocol – indicação classe I NE B).

Esse estudo sueco avaliou se uma TnT-hs  < 5ng/ml associado a um ECG sem sinais de isquemia pode afastar síndrome coronariana aguda.

Foram incluídos 14.636 pacientes com dor torácica.

Desses, 61% tinham TnT-hs < 5ng/L, 21% tinham entre 5 e 14ng/L e 18% tinham > 14ng/L.

Daqueles com TnT-hs  indetectável (< 5ng/L), 0,44% dos pacientes tiveram infarto em 30 dias. Se associar TnT-hs indetectável + ECG sem alterações isquêmicas, somente 0,17% dos casos apresentaram infarto em 30 dias (15 de 14.626 pacientes, quase todos com < 2hs de dor torácica).

Isso confere um valor preditivo negativo para IAM em 30 dias de 99,8%, e um valor preditivo negativo para morte de 100%.

Sugere, assim, que pacientes com TnT-hs < 5ng/L + ECG sem alterações isquêmicas podem ser liberados com segurança sem a necessidade de seriar marcadores.

Devemos lembrar que, mesmo com exames normais, muitos pacientes com história clínica sugestiva ou com vários antecedentes de risco podem precisar de internação para estratificação da coronariopatia. Não basta avaliar o exame laboratorial e o eletrocardiograma, sem antes avaliar o paciente de forma adequada.

Referência:

– Bandstein N, Ljung R, Johansson M, Holzmann MJ. Undetectable high sensitivity cardiac troponin T level in the emergency department and risk of myocardial infarction. J Am Coll Cardiol 2014; DOI:10.1016/j.jacc.2014.03.017.

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: