Lípides

Estudo dal-VESSEL: o desafio do aumento do HDL

No congresso europeu de cardiologia foram apresentados os resultados do estudo dal-VESSEL. Mais um inibidor da enzima coleterol ester transferase (CETP) foi avaliado – o dalcetrapib.

Trata-se de um estudo de fase 2, randomizado, duplo-cego, placebo controlado. Foram avaliados pacientes com doença coronariana ou com alto risco de doença coronariana.

O uso de dalcetrapib 600mg por dia levou a um aumento de 31% dos níveis de HDL, sem aumento de pressão arterial ou piora de marcadores de estresse oxidativo ou disfunção endotelial.

Apesar de não apresentar resultados tão expressivos como o torcetrapib (que aumentou em 60 a 70% os níveis de HDL), o dalcetrapib não apresentou os efeitos adversos ocorridos com a droga anterior. Pacientes que usavam torcetrapib apresentaram também aumento de mortalidade e de eventos cardiovasculares.

Um estudo maior de fase 3 em pacientes com síndrome coronariana aguda, avaliando morbidade e mortalidade, está em andamento (estudo dal-OUTCOMES), com previsão para término em 2013.

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: