Miocardiopatias

Quando devemos suspeitar de Sarcoidose?

Esta publicação também está disponível em: Português Español

A sarcoidose (SCD) é uma doença granulomatosa que afeta principalmente os pulmões, porém com o surgimento de novas técnicas de imagem, é cada vez mais frequente diagnosticarmos seu acometimento cardíaco. Apesar disso, o diagnóstico continua sendo um desafio devido à heterogeneidade da doença.

Quando devo suspeitar de sarcoidose cardíaca?

É importante sempre pensar nessa doença quando temos a presença de:

– Insuficiência Cardíaca (IC) de etiologia não definida.
– Bloqueio Atrioventricular de alto grau (BAV).
– Taquicardia Ventricular (TV).

Para avaliar melhor essa relação, foi realizado um estudo na Califórnia – um coorte prospectivo – com pacientes > 21 anos, entre os anos de 2005 e 2015, investigando SCD como fator de risco para IC (definida por IC aguda ou crônica, sistólica ou diastólica), BAV (Mobitz II ou Terceiro grau), TV (sustentada ou Fibrilação Ventricular) ou morte. Foram excluídos os que apresentaram IC, BAV ou TV no momento da avaliação inicial. Foram incluídos 22.381.964 pacientes, dos quais 19.762 (0,09%) tinham diagnóstico de SCD.
Então, quais foram os resultados?

CONCLUSÕES DOS AUTORES
  • Os achados do estudo destacam o risco particularmente alto de desenvolver IC entre pessoas com SCD. Assim, o risco relativo de SCD superou outros fatores de risco importantes para IC, como doença coronariana e hipertensão.
  • Em pacientes com sarcoidose, os fatores de risco mais importantes para IC foram BAV e TV, sugerindo que a presença de qualquer uma dessas condições deve aumentar a suspeita de IC concomitante ou desenvolvimento futuro de IC.
  • Aproximadamente 20% do risco aumentado de morte entre os pacientes com SCD é explicado pela presença de pelo menos um desses 3 achados cardíacos.
  • O risco de TV é claro nos pacientes com SCD, de tal maneira que os consensos de especialistas sugerem levar em consideração o implante associado de CDI ao marcapasso definitivo, quando for tratar um paciente com BAV avançado. (Recomendação de classe IIA).
OPINIÃO
  • É evidente que o estudo tem algumas limitações, porém a mensagem mais importante da pesquisa, é suspeitar da doença, visto que tem um risco muito aumentado de eventos cardiovasculares e morte.
  • Durante a pesquisa não se estudou a resposta da SCD ao tratamento imunossupressor, e não foi informado também sobre a localização da SCD ao nível cardíaco.

REFERÊNCIA

  • David G. Rosenthal, et al. Heart Failure, Atrioventricular Block, and Ventricular Tachycardia in Sarcoidosis. Journal of the American Heart Association. 2021;10:e017692. https://doi.org/10.1161/JAHA.120.017692.

Curso Cardiopapers

Banner Atheneu

Deixe um comentário

Sobre o autor

Cristhian Espinoza Romero

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site

 

%d blogueiros gostam disto: