Coronariopatia Emergências

Acetilcisteína e Soro Bicarbonatado: Existe Evidência de Benefício na Profilaxia de Nefropatia por Contraste?

Alexandre Soeiro
Escrito por Alexandre Soeiro

Estudo publicado recentemente no New England avaliou prospectivamente quase 5.000 pacientes submetidos a procedimento coronariano percutâneo sendo os mesmos randomizados para hidratação com soro fisiológico versus solução bicarbonatada e placebo versus acetilcisteína. Foram incluídos pacientes com clearance de creatinina < 45 ml/min ou < 60 ml/min caso o paciente fosse diabético. A média de volume de contraste foi de 85ml e cerca de metade usaram contraste isoosmolar e não-iônico. O desfecho primário foi um composto de morte, necessidade de dialise ou um persistente aumento de no mínimo 50% da creatinina basal em 90 a 104 dias após o exame.

O desfecho primário ocorreu em 110 dos 2511 pacientes do grupo bicarbonato e em 116 dos 2482 (4.7%) pacientes no grupo SF (odds ratio 0.93, IC 95% 0.72 – 1.22, p = 0.62). Ocorreu também em 114 dos 2495 (4.6%) pacientes do grupo acetilcisteina e em 112 dos 2498 pacientes (4.5%) do grupo placebo (odds ratio 1.02, IC 95% 0.78 – 1.33, p = 0.88).

Dentre os pacientes em risco de complicações renais submetidos à angiografia, não houve benefício da administração de bicarbonato de sódio em comparação com solução fisiológica para prevenção de morte, necessidade de dialise, persistente declínio da função renal em 90 dias ou lesão renal aguda induzida por contraste. Também não houve benefício com o uso de n-acetilcisteína.

Resumo da ópera:

  • Está frente a um paciente com disfunção renal que vai fazer cate e não sabe com o que fazer a hidratação pré-cate? Tanto faz usar solução fisiológica ou solução com bicarbonato. 
  • E a n-acetilcisteína? Mais uma vez mostrou-se que não tem benefício neste cenário. Alguma novidade? Nenhuma. Basta ver este trial que resumimos 7 anos atrás. 

Referência: N Engl J Med. 2017 Nov 12. doi: 10.1056/NEJMoa1710933.

 

 

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Alexandre Soeiro

Alexandre Soeiro

Alexandre de Matos Soeiro

Médico Assistente e Supervisor da Unidade Clínica de Emergência - InCor (HCFMUSP).
Coordenador do Curso Nacional em Emergências Cardiológicas •
Coordenador da Liga de Emergências Cardiovasculares do InCor - HCFMUSP. •
Professor Convidado de Graduação do Terceiro, Quarto e Sexto Anos da FMUSP.
Médico Preceptor em Cardiologia - InCor - HCFMUSP - 2011.
Especialista em Cardiologia pela SBC.
Residência Médica em Cardiologia -InCor - HCFMUSP.
Especialista em Clínica Médica pela SBCM.
Residência em Clínica Médica - HCFMUSP.
Graduação em Medicina pela FMUSP.

1 comentário

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: