Coronariopatia Emergências

Trombólise no IAM com supra: quão rápido temos que fazer?

Eduardo Lapa
Escrito por Eduardo Lapa

Dei o diagnóstico de IAM com supra de ST em um paciente e estou em um serviço sem hemodinâmica: o que fazer? Primeiro passo é checar se o paciente tem contraindicação absoluta ao trombolítico. Se tiver, não tem alternativa. Vai ter que transferir para um serviço com hemodinâmica de toda forma. Se o paciente não tiver contraindicações à trombólise, surge a dúvida: transferir ou trombolisar logo? Para decidir isso, temos que checar se é possível que o paciente esteja sendo submetido à angioplastia (fio guia cruzando o trombo coronariano) em até 120 min após o diagnóstico do infarto. Se não, vai de trombolítico mesmo. OK. E aí vem a pergunta: após o diagnóstico do IAM com supra, até quanto tempo devo fazer a injeção do trombolítico?

Dica:

  • O trombolítico deve ser injetado em até 10 minutos após o diagnóstico de IAM com supra de ST

Vocês que inventaram isso? Não. A sociedade europeia de cardiologia que diz em seu guideline de 2017. Mas baseado em que eles sugerem isso? Antigamente não tinha a história de tempo porta-agulha de 30 minutos? Sim, havia. A recomendação atual é de se fazer em até 10 minutos baseado no trial STREAM em que o trombolítico era injetado em média após 9 minutos da randomização.

Publicidade

Banner Atheneu

Banner Atheneu

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: