Coronariopatia Emergências

Como saber se a troponina do seu serviço é convencional ou ultrassensível?

Escrito por Eduardo Lapa

Esta publicação também está disponível em: Português

Como saber se a troponina que você tem no seu hospital é ultrassensível ou se é convencional? Cada vez mais serviços em nosso país possuem disponibilidade de kits de troponina ultrassensível. Mas, na prática, como saber qual o tipo do kit do seu hospital?

Há duas formas basicamente.

1- primeira forma – você pode ver qual é o kit está sendo usado. Digamos que no seu hospital tenha o kit x da Abbott (sem conflitos de interesse). Você pode simplesmente copiar o nome e jogar num google da vida que já vai aparecer a referência.

2- a segunda forma é ainda mais fácil. Você pode checar a unidade de medida naquela troponina. Se o resultado está sendo dado em nanogramas por litro, ou seja, ng/L, isso aí mostra que a troponina é ultrassensível, já se a unidade de medidas for nanogramas por ml, ou seja, ng/mL, a troponina que você tem no seu serviço é a convencional.

– Estranho. Chequei agora o do meu serviço e a medida é feita em picogramas por mL (pg/mL).

Dá no mesmo que nanograma por litro. Ou seja, significa que é ultrassensível.

Quer saber mais sobre o assunto? Checa nosso vídeo:

Curso Cardiopapers

Banner Atheneu

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site

 

%d blogueiros gostam disto: