Arritmia

Fibrilação atrial: os resultados do estudo CABANA mudaram?

Pedro Veronese
Escrito por Pedro Veronese

Esta publicação também está disponível em: Português Español

O estudo CABANA publicado em 2019 acompanhou 2.204 pacientes com fibrilação atrial (FA) de início recente, ou FA paroxística, ou persistente, que foram randomizados para ablação por cateter vs antiarrítmicos com o objetivo de mantê-los em ritmo sinusal. O desfecho primário combinado do trabalho foi: mortalidade por todas as causas, acidente vascular cerebral com sequelas, sangramento grave ou parada cardíaca. A ablação por cateter não reduziu este desfecho primário e nem mortalidade por todas as causas. Para mais detalhes veja este post escrito por mim sobre o CABANA. Entretanto, a ablação por cateter se mostrou superior aos antiarrítmicos quando se avaliou o tempo de recorrência de FA. Mas e num seguimento mais prolongado desta população?

Recentemente, foi publicado o follow-up de 5 anos do estudo CABANA, Journal of the American College of Cardiology, 75 (2020) 3105-3118, que confirmou que a ablação por cateter reduziu a recorrência de qualquer tipo de FA em 48%. Nos pacientes sintomáticos a redução foi de 51%. A densidade de FA (burden) também foi significativamente reduzida no grupo ablação independente do tipo de FA.

Conclusão do Cardiopapers: assim como no estudo original, o follow-up de 5 anos confirmou algo que já suspeitávamos devido às evidências prévias. A

  • Ablação por cateter é mais efetiva que os antiarrítmicos para se reduzir recorrência de FA ou a sua densidade (burden).
  • Porém, note que este é um desfecho substituto, pois mesmo com menos FA, não houve redução dos desfechos clínicos principais, nem de mortalidade por todas as causas.
  • Desta forma, a ablação por cateter é uma opção melhor para se reduzir sintomas do que os fármacos antiarrítmicos, mas sem impacto em desfechos clínicos relevantes.

Referência:

  1. JAMA. 2019;321(13):1261-1274. doi:10.1001/jama.2019.0693

Curso Cardiopapers

Banner Atheneu

Deixe um comentário

Sobre o autor

Pedro Veronese

Pedro Veronese

Médico Especialista em Clínica Médica pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.
Médico Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC.
Médico Especialista em Arritmia Clínica e Eletrofisiologia pela Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas - SOBRAC.
Médico do Centro de Arritmias Cardíacas do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.
Doutor em Cardiologia pelo InCor - FMUSP.
Preceptor da Residência de Clínica Médica do Hospital Estadual de Sapopemba e Hospital Estadual Vila Alpina.
Médico Chefe de Plantão do Pronto Socorro Central da Santa Casa de São Paulo.
Professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
Professor da Faculdade de Medicina UNINOVE.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site

%d blogueiros gostam disto: