Insuficiência Cardíaca

Benefícios em mortalidade com terapias para IC

 

O estudo IMPROVE-HF publicado recentemente mostrou que seis das sete terapias recomendadas nas diretrizes para uso em pacientes com insuficiência cardíaca (IC) mostraram benefício em mortalidade em 2 anos (ver tabela abaixo).

Os pesquisadores observaram também uma redução da mortalidade com cada tratamento recomendado associado, atingindo um platô após cerca de 4 a 5 associações, com uma redução de risco de morte de até 81% com os tratamentos associados.


 

Foi um estudo caso-controle, comparando 1372 pacientes com IC que morreram com 2752 pacientes com IC que sobreviveram além dos 2 anos (controle).

Esse resultado é importante porque demonstra benefícios dessas terapias além dos estudos clínicos randomizados, nos quais os pacientes tendem a ser mais jovens e com menos comorbidades. Além disso, reforça também a importância de seguirmos as orientações das diretrizes atuais.

Referência

  1. Fonarow GC, Albert NM, Curtis AB, et al. Incremental reduction in risk of death associated with use of guideline-recommended therapies in patients with heart failure: a nested case-control analysis of IMPROVE HF. J Am Heart Assoc Cardiovasc Cerebrovasc Dis 2012. Available at: http://jaha.ahajournals.org.

Deixe um comentário

Sobre o autor

Fernando Figuinha

Fernando Figuinha

Especialista em Cardiologia pelo InCor/ FMUSP
Médico cardiologista do Hospital Miguel Soeiro - Unimed Sorocaba.
Presidente - SOCESP Regional Sorocaba.

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: