Sem categoria Valvopatias

Hemoculturas em pacientes com suspeita de endocardite: como fazer?

im

Dicas práticas:

– a bacteremia na endocardite é contínua. Assim, não é necessário esperar que o paciente esteja com febre para coletar-se as hemoculturas. Pelo mesmo motivo, é esperado que todas ou pelo menos grande maioria das hemoculturas colhidas veham positivas para o mesmo agente. Caso apenas uma amostra venha positia, questionar o diagnóstico de endocardite.

– Colher ao menos 3 pares de hemoculturas. Um par = uma garrafa destinada a isolar bactérias aeróbias de contendo 10 mL de sangue + uma garrafa destinada a isolar bactérias anaeróbias de contendo 10 mL de sangue.

– Idealmente, aguardar 30 minutos entre a coleta de cada par de hemoculturas. Esta diferença de tempo serve para corroborar o fato que a bacteremia do paciente está ocorrendo de forma contínua. 

– Colher as culturas antes do início do antibiótico.

– Preferir a coleta através de veia periférica devido ao risco de detectar apenas colonização do catéter caso seja colhido por acesso central. 

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: