Sem categoria

Parte1: Medida automática de Pressão Arterial. O que é?

            

 

Os métodos automáticos de medida indireta de pressão arterial estão cada vez mais acessíveis devido aos avanços tecnológicos que possibilitaram uma redução nos preços destes equipamentos e também pela tendência da substituição dos aparelhos de coluna de mercúrio com elevado risco de contaminação ambiental. E extremamente importante ao médico conhecer o que é o método e suas limitações para poder orientar.

Os aparelhos podem ser divididos de acordo com sua forma de insuflação  em:

  • Medidas automáticas: São realizadas por aparelhos eletrônicos  que apresentam manguitos com insuflação , desinsuflação e análise de PA e batimento cardíacos de maneira automática.
  • Medidas semi-automáticas: A insuflação e desinsuflação são realizadas através de um bulbo de compressão manual e a análise da PA é realizada por sistemas eletrônicos microprocessados.

 Levando-se em consideração as formas de análises da PA, a medida automática pode utilizar-se de:

  • Método Auscultatório: Utiliza manguitos e microfones para captar o sinal. Tem a desvantagem de interferências por ruídos externos e movimentos, além de serem difícil realização técnica em pacientes com baixo débito. O manguito e microfones  devem ter o posicionamento ideal.
  • Método Oscilométrico: Utiliza o manguito para captar o sinal (dispensa microfones) e microprocessador para análise de oscilações. O manguito é insuflado acima da PA sistólica e desinsuflado gradualmente. As oscilações da PA são transmitidas para o manguito. Um microprocessador analisa estas oscilações transmitidas e através de algoritmos determina a PA sistólica, média diastólica e Freqüência cardíaca. O posicionamento não é crítico para medida. È o método recomendado pelas diretrizes.

                – Primeiro par de oscilações: PA sistólica

                – Maior amplitude de oscilação: PA média

                -Ultimo par de oscilações: PA Diastólica

                – Número total de oscilações: Freqüência cardíaca  

  • Desvantagens e limitações: O manguito deve estar adequadamente acoplado ao braço ( nem folgado, nem demasiadamente apertado); Movimentação e arritmias  influenciam o resultado. Dor e desconforto por compressão excessiva.

 

Existem outros métodos de medidas automáticas como por exemplos os métodos combinados ( oscilométricos + auscultatórios) e o Finapress ( Finger Arterial Pressure)  que utiliza um pequeno manguito conectado no dedo e é utilizado comumente em laboratórios de Tilt Test.

Nos próximos artigos discutiremos como orientar a medida indireta automática de PA.

 

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Andre Lima

Andre Lima

Editor do site --
Especialista em Cardiologia pela SBC e InCor/ USP --
Especialista em Ecocardiografia pela SBC e InCor/USP --
Especialista em Terapia Intensiva pela AMIB --

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: