Arquivo da categoria: ECG

Questões em cardiologia – ecg

Paciente de 50 anos foi admitida em emergência com quadro de parada cardiorrespiratória em fibrilação ventricular. Após ressuscitação eficaz, voltou a ritmo próprio sendo realizado o ecg mostrado abaixo.
 Questões em cardiologia   ecg
 Questões em cardiologia   ecg

Como diferenciar se uma onda T invertida é de origem isquêmica ou não?

Há várias doenças que causam inversão da onda T no eletrocardiograma (ECG). Entre as principais causas estão a doença arterial coronária (DAC) além de outras patologias de origem não isquêmica (ex: sobrecarga de ventrículo esquerdo, tromboembolismo pulmonar). De forma prática, como diferenciar se uma onda T invertida é de origem isquêmica ou não?

DICA: quando a onda T invertida for simétrica, ou seja, a parte descendente e ascendente tiverem duração similares, pensar em coronariopatia como causa. Já se a onda T for assimétrica (parte descendente mais lenta do que a parte ascendente), pensar em outras etiologias. 

Exemplos:

Paciente com infarto sem supra de ST:

onda t 2 Como diferenciar se uma onda T invertida é de origem isquêmica ou não?

Paciente com sobrecarga de ventrículo esquerdo:

onda t 3 Como diferenciar se uma onda T invertida é de origem isquêmica ou não?

 

Como diagnosticar sobrecarga de átrio direito pela derivação V1?

Dica: se fase positiva da onda P em V1 for > ou = 1,5 mm – dá-se o diagnóstico de sobrecarga de átrio direito (SAD). Segue exemplo abaixo:

ebstein2 Como diagnosticar sobrecarga de átrio direito pela derivação V1?

Trata-se de ecg de paciente com Anomalia de Ebstein, doença na qual normalmente há SAD pronunciada.

pixel Como diagnosticar sobrecarga de átrio direito pela derivação V1?