Hipertensão arterial sistêmica Prevenção

Vale a pena tratar agressivamente hipertensão arterial no paciente idoso?

Thiago Midlej
Escrito por Thiago Midlej

Nos Estados Unidos estima-se que o número de pacientes com mais de 65 anos seja 84 milhões em 2050. Ainda hoje, o nível ideal de pressão arterial (PA) nessa população difere em diversas diretrizes. Já falamos no passado sobre a subanálise de pacientes idosos do estudo SPRINT. Uma metanálise publicada no JACC recentemente avaliou 4 grandes estudos, em 3,1 anos, envolvendo 10.857 pacientes com ≥65 anos, sendo 5.437  randomizados para tratamento intensivo e 5.420 tratamento padrão.  Importante ressaltar que em 3 desses estudos o tratamento intensivo tinha como alvo PAS< 140mmHg. No outro estudo, o SPRINT-SENIOR, o alvo de PAS era <120mmHg e foram excluídos pacientes diabéticos.

O tratamento intensivo reduziu eventos cardiovasculares maiores em 29% quando comparados ao tratamento padrão, sendo 33% de redução em mortalidade cardiovascular. Apesar de não significativo, a taxa de IAM, AVC e o risco de IC foram mais baixas no tratamento intensivo. Não houve diferença significativa na incidência de eventos adversos sérios e insuficiência renal comparando os dois grupos.

Em análise de regressão, a cada redução de 1mmHg na PAS, há redução de 3% do risco de eventos cardiovasculares maiores e mortalidade cardiovascular.

Os autores concluem que o tratamento intensivo de PA nessa população (lembrando que houve trabalhos com alvo < 140 mmHg e outro <120 mmHg)  está associado a redução de  eventos cardiovasculares.

Referência:

Chirag Bavishi, Sripal Bangalore, FranzH. Messerli. Outomes of Intensive Blood Pressure Lowering in Older Hypertensive Patients.  JACC. Vol 69 Nº5. 2017

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Thiago Midlej

Thiago Midlej

Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia​ e pelo Instituto do Coração da Faculdade de Medicina de São Paulo - I​NCOR​​.
Pós graduando da Unidade de Hipertensão do​​ I​NCOR​
Médico plantonista da Unidade Clínica de Emergência do INCOR
​​Cardiologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: