Miscelânia

Questões em cardiologia – ética médica

Eduardo Lapa
Escrito por Eduardo Lapa

Pcte de 82 anos, feminina, portadora de miocardiopatia dilatada de etiologia idiopática, FE 32% apresenta fratura de colo de fêmur após queda da própria altura. Admitida em hospital onde é operada no dia seguinte pela equipe da ortopedia. No pós-operatório evoluiu com quadro de insuficiência cardíaca descompensada por excesso de hidratação. Após 5 dias de UTI, recebe alta para o quarto. Pouco antes de receber alta hospiatalr, inicia com quadro de febre e tosse produtiva evoluindo rapidamente para sepse de foco pulmonar. Readmitida na UTI por este motivo. Termina por evoluir para óbito após 1 semana da readmissão na UTI devido a choque séptico refratário. Sobre este caso pergunta-se:

Resposta abaixo

 

 

 

 

 

 

Resposta: Médico legista do IML.

Questão bastante importante para a prática clínica. Caso similar pode ser visto no documento feito pelo CFM sobre declaração de óbito:

Para acessar o documento do CFM, cliquem neste link.

Resumindo:

Pcte que entra no hospital devido a trauma, mesmo que venha a falecer depois de muito tempo por outras intercorrências = encaminhar para o IML

Publicidade

Deixe um comentário

Sobre o autor

Eduardo Lapa

Eduardo Lapa

Editor-chefe do site Cardiopapers
Especialista em Cardiologia e Ecocardiografia pela SBC

Deixe uma resposta

Seja parceiro do Cardiopapers. Conheça os pacotes de anuncios e divulgações em nosso MídiaKit.

Anunciar no site
%d blogueiros gostam disto: